top of page

O impacto da tecnologia blockchain na confiabilidade dos relatórios de ESG

Como o blockchain pode ser um caminho para mostrar a transparência das empresas diante da cobrança por responsabilidade social, ambiental e ética

Nos mercados de capitais, os fundos de investimentos mundiais destinam atenção crescente às ações de empresas que atuam de forma responsável com relação à responsabilidade climática e ambiental, social e de governança, reunidas na sigla ESG. Como resultado, um terço dos ativos negociados já são de corporações que priorizam compromissos com negócios preocupados em garantir a sustentabilidade do planeta.


Na comunidade econômica internacional há uma preocupação com o desenvolvimento de sistemas que garantam o acompanhamento adequado das informações apresentadas pelas

companhias em seus relatórios não-financeiros, que também se firmam como tendência. Em março, a Comunidade Europeia definiu regras que estimulam o uso dos atributos de governança.


Especialistas reconhecem que os sistemas atuais de classificação são insuficientes.

Mesmo as empresas especializadas em ranqueamento e classificação ESG tendem a buscar soluções tecnológicas universais, capazes de ampliar o controle e a transparência dos procedimentos corporativos.


“ESG, sigla para Ambiental, Social e Governança, tem como objetivo estabelecer uma avaliação das responsabilidades sociais e ambientais das empresas. As informações são úteis para os 'investidores socialmente responsáveis' escolherem onde investir.”

Soluções com blockchain

No esforço de identificar e monitorar os processos dos mercados locais e regionais, cada vez mais integrados em redes, as tecnologias de blockchain tendem a ser destacadas como a melhor alternativa para a geração de indicadores.


As tecnologias facilitam o gerenciamento na cadeia produtiva, através dela todos os atores têm compartilhado e de forma transparente o registro de suas ações. Por exemplo, na agricultura, toda a parte de plantio se beneficia da agregação de valor. Entre outras razões, porque ajuda a identificar, de fato, onde todos os recursos estão sendo colocados.


Há a possibilidade de apontar pontos geradores de pegada de carbono e todo o registro da utilização de fertilizantes e defensivos. Mas também da Indústria, pode-se registrar desde como os fornecedores produzem ou extraem os insumos a serem utilizados no processo produtivo. Dessa forma, tudo fica transparente, com dados imutáveis e compartilhado.


No processo de elaboração e apresentação de relatórios não financeiros, a aplicação de ferramentas blockchain é uma variável diferenciadora entre produtores que seguem orientações ambientais, sociais e de governança e aqueles que são acusados ​​pelos consumidores de serem injustos, deteriorando ecossistemas, salários indevidos e trazendo prejuízos, bem como, venenos na comida.


Por que sugerimos a combinação blockchain e ESG


"Os relatórios de ESG são uma ferramenta muito importante para as ações éticas e sustentáveis das organizações, porque registra processos de forma que a sociedade tenha conhecimento mais objetivo sobre as atividades corporativas. O compartilhamento de informações combinado com a tecnologia aumenta a transparência e dá mais controle a todos os atores do mercado, atribuindo responsabilidades aos produtores e negociadores de cada etapa. Blockchain é realmente uma tecnologia poderosa e como vamos utilizá-la é que a questão. Nós seguimos usando-a alinhada ao nosso propósito e valores de sustentabilidade e crescimento para as organizações e impacto positivo na sociedade." Júlia Ramalho - Co- Founder & Co-CEO no DdF.


56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A arrogância do saber naufraga a transformação digital

Se você é uma empresa pequena ou média, normalmente você não tem no seu quadro de pessoal um contador e um advogado, não é mesmo? E por que? Por que você reconhece que eles fazem um trabalho complexo,

댓글


bottom of page